Planejamento 13/02/2021 - 16:38 - Arlete Carvalho

Nota de pesar

Joaquin Eduardo Manchola Cifuentes Joaquin Eduardo Manchola Cifuentes - -Foto divulgação

A Secretaria do Planejamento e Orçamento (SEPLAN) informa, com grande pesar, o falecimento do servidor Joaquín Eduardo Manchola Cifuentes. Como Gestor Público, era lotado na Diretoria de Informações Territoriais e Socioeconômicas da SEPLAN, tendo contribuído ativamente por mais de três décadas na pesquisa e na produção técnica, principalmente nas áreas de estatística, avaliação de impacto socioeconômico, planejamento governamental e gestão territorial do Estado do Tocantins. Ocupou durante muitos anos cargos de direção nas áreas de pesquisa e informações socioeconômicas.

Graduado em Estatística pela Universidade Nacional da Colômbia (1979), possuía sólida formação acadêmica, Especializações em Planejamento Regional e Urbano e Economia Regional e Urbana, Mestre em Teoria Econômica, pela Universidade de São Paulo (FEA-USP) e Doutorado em Sociologia pela Universidade de Brasília (UNB.

No Planejamento Estadual, sua expressiva produção técnica teve início ainda em fins da década de 1980, e remonta aos primórdios da instalação do recém-criado Estado do Tocantins. Esse acervo serviu como base técnica para a análise, definição e elaboração de políticas públicas que demandavam informações estatísticas e avaliações socioeconômicas; no presente, permanecem como marcos seminais e técnicos atemporais.

Dentre as contribuições de Joaquin Cifuentes, destaca-se a orientação e sistematização de uma densa base de informações sobre os aspectos físicos, sociais e econômicos do Estado do Tocantins e seus municípios. Alguns dos documentos de maior relevo são as versões iniciais do “Anuário Estatístico do Tocantins”, elaboradas nas décadas de 1990 e 2000; várias versões dos Perfis Socioeconômicos Municipais e Regionais; bem como uma série de notas técnicas sobre Regionalização do Tocantins.

A partir da década de 2010, passou a atuar no planejamento territorial, contribuindo na elaboração do Plano Estadual de Zoneamento Ecológico-Econômico e na avaliação de impacto dos projetos apoiados pelo Banco Mundial.

Professor do curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Tocantins, participou da formação acadêmica de diversos profissionais no Estado, inclusive oportunizando trabalho para muitos estudantes e economistas na Secretaria do Planejamento e Orçamento.

Estava internado em Palmas, desde o dia 29 de janeiro e veio a falecer na manhã deste sábado (13 de fevereiro), em decorrência da Covid-19. O seu corpo foi sepultado no Cemitério Público de Palmas.